Você está visualizando atualmente Diversidade nas empresas: quais são os seus benefícios?

Diversidade nas empresas: quais são os seus benefícios?

  • Categoria do post:Compliance

Diversidade na contratação de colaboradores e gestores. Ultimamente esse é um tema em voga e que possui consequências benéficas para a empresa. Desta forma, por que o empresário deve promover uma diversidade de colaboradores em sua empresa?

A empresa deve ser um retrato da sociedade em que vivemos. Mulheres, idosos, pessoas com deficiência, pessoas lgbtqia+, negros, mulçumanos e uma variedade de etnias e culturas compõem o nosso país e é de bom senso que o núcleo laboral abranja essa realidade social em sua composição.

Promover a diversidade melhora os resultados econômicos da empresa, cria um ambiente acolhedor e aumenta a conexão com consumidor. Trata-se de três benefícios que contribuem grandemente para a solidificação da empresa no mercado.

Segundo uma pesquisa da McKinsey, as empresas que diversificam o seu quadro de pessoal obtêm resultados acima da média nacional de seu setor tanto em diversidade de gênero (15% de aumento) quanto em diversidade de raça (35% de aumento).[1] Um dos motivos principais para tanto é que a diversidade de colaboradores atrai uma variedade maior de talentos, o que permite um aumento de resultados. Esses resultados são grandes trunfos no que diz respeito ao desenvolvimento econômico da empresa e ao desenvolvimento social, afinal, ao se ampliar a diversidade, desigualdades também são reduzidas.

Um ambiente de trabalho acolhedor contribui para que os colaboradores criem um sentimento de pertencimento e propicia o aumento da produtividade. Tem-se, assim, um clima organizacional que permite o bom desenvolvimento das atividades da empresa e que contribui para o fortalecimento da sua cultura organizacional.

Por fim, a diversidade aumenta a conexão com o consumidor. Os consumidores acabam comprando daquelas empresas com as quais se identificam e em que se veem representados. Em uma palestra ministrada no SAS Forum Brazil 2019, Luiza Trajano, afirmou que a nova geração de consumidores não irá comprar de quem não tem diversidade. Segundo a empresária, em um país em que a maior parte da população é composta por mulheres e pessoas negras, as empresas que não tiverem esse grupo em seus quadros jogarão contra elas mesmas.[2]

É importante destacar que, para que se colham os resultados acima, é necessário que a empresa elabore políticas de ação, que demandarão esforço e tempo. Discriminar os seus objetivos de promover a diversidade em seus quadros é de fundamental importância até mesmo para que todos os envolvidos (colaboradores e gestores) tenham ciência e respeitem a representatividade da instituição.

Embora esse caminho pareça desafiador, algumas medidas fazem com que ele se torne mais tênue. Assim, é importante capacitar o RH para lidar com a diversidade cultural e organizacional da empresa bem como com os conflitos interpessoais que poderão (e irão) existir. Promover gestão de pessoas é de fundamental importância bem como realizar pesquisas internas para apurar sobre o clima da instituição.

De forma geral, para que a empresa implemente a diversidade é necessário, antes de tudo, o seu comprometimento com o plano de ação. Ela não pode se esquecer que esse objetivo também faz parte de uma estratégia de crescimento da empresa. Os benefícios, como descritos, são vários e quem ganha com eles, além da empresa e dos colaborares e gestores, é a sociedade.


[1] Disponível em: https://www.mckinsey.com/~/media/McKinsey/Email/Classics/2020/2020-02-classic.html. Acesso em: 10 jan. 2021.

[2] Disponível em: https://novovarejo.com.br/diversidade-da-equipe-de-trabalho-e-chave-para-criar-conexao-com-consumidor-da-nova-geracao/. Acesso em: 10 jan. 2021.

Deixe um comentário

Política de Cookies

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas.

Ao clicar em “Aceitar”, concorda com a utilização de todos os cookies.